Alice Tan Ridley.

New York City, NY, United States

Biografia

Em poucos minutos de apresentação no programa America’s Got Talent, Alice Tan Ridley se fez notar pelo mundo todo de forma estonteadora quando cantou uma rendição fenomenal do clássico de Etta James, “At Last”, – ela não só impressionou os juízes e a audiência, mas a nação inteira. O poder e charme cru de Ridley imediatamente ressonou com os juízes e ela foi enviada para competir nas finais em Hollywood. Para muitos, essa foi a primeira a exposição dos dons de Alice, embora ela já tenha muitos anos de experiência como cantora. Milhões de fãs ao redor do mundo assistiram suas performances no YouTube. Uma performer tão cativante não poderia passar despercebida pelas massas por tanto tempo: Alice era um dos segredos mais bem guardados de New York City: uma joia escondida nas profundezas das plataformas de metrô sob a cidade. Por mais de 20 anos, Alice sustentou sua família com o dinheiro que ela ganhou cantando nas estações de metrô. Com 58 anos de idade, Alice levou seu ofício para fora dos metrôs diretamente para os olhos e ouvidos do grande público.

A presença carismática de Alice vai além das suas habilidades vocais, fazendo com que multidões se apaixonem por sua personalidade conforme ela compartilha histórias da sua jornada. Assim como Etta James, Diana Ross e Tina Turner, ela é uma das eternas “deusas do Soul”, com personalidade, talento e um toque de funk suficientes para se provar como uma performer inesquecível. Como Howie Mandel disse para Alice após o seu cover de “At Last”: “você merce ser escutada por um público muito maior do que o do metrô”.

Alice nasceu na Geórgia em uma família musicalmente talentosa de 9 irmãos, dos quais a maioria se tornou artista. Ela tem cativado audiências desde os seus 3 anos de idade. Depois de se mudar para New York em 1971, criando uma família e ensinando crianças deficientes no sistema escolar da região, Alice se focou em sua carreira de cantora em 1992 quando começou a cantar em tempo integral nas estações de metrô. Audiências se reuniam diariamente na Union Square, 34th Street ou na famosa estação da 42nd Street Times Square para escutar Alice cantando músicas como ‘I Will Always Love You’, ‘I Will Survive’, ‘Billy Jean’, ‘My Heart Will Go On’, e outros favoritos familiares. Suas legendárias performances resultaram em uma enxurrada de vídeos no YouTube.

Muitas pessoas influentes se impressioram com as performances nas estações de metrô de Alice, resultando em convites para realizar shows ao redor do mundo, começando com uma turnê no Marrocos organizada pelo embaixador do país nos EUA. Depois disso, ela performou na Argentina, Alemanha, Uruguai, Holanda e pelo Estados Unidos. A reputação de Alice cresceu em função do boca em boca. Seu apelo foi confirmado por todas as honras que ela já recebeu: Alice já cantou “Amazing Grace” em Rize, um filme de  David LaChappelle sobre dançarinos de rua de Los Angeles; ela já performou uma rendição de tocar a alma de “America the Beautiful” no filme Heights de 2005; Alice também apareceu em 2012 no 30 Seconds to Fame, um programa da FOX Television de competição de talentos, no qual ela ganhou com a sua maravilhosa rendição de “Midnight Train to Georgia”; em 2007, a cantora ganhou um Emmy por sua participação no documentário Military Families.

Cidade Natal

New York City, NY, United States

Siga Alice Tan Ridley.

Quer saber o que acontece dentro do PFC ?
Torne-se Sócio