Voltar a Todos os Músicos

Candi Sosa.

Covadonga, Cienfuegos, Cuba

Biografia

Candi Sosa logo foi convidada a tocar com nomes como Poncho Sanchez, Paquito de Rivera e Juan Pablo Torres. Ela tocou com Andy Garcia e Celia Cruz no “Carnaval Azucar”; ela apareceu no Coliseu com Oscar de Leon; ela tocou com Anita O’Day e Eddie Cano em “Jazz on the Hill”, ela fez trabalho de estúdio com Eddie Palmieri e tocou e gravou com arranjos originais 23 peças HMA Jazz Orquestra.

Uma de suas memórias mais preciosas foi feita pela personalidade do rádio LA Hector Resendez: “A Rainha da Salsa, Celia Cruz, foi homenageada no domingo 25 de setembro. Andy Garcia estava pronta para presentear Cruz com o medalhão de ouro. Houve uma impressionante linha de talento no musical da companheira Cubana Candi Sosa. Cruz estava tão inspirada que ela se levantou e aplaudiu com entusiasmo.”

Em 1994, Candi auto-produziu “Cuba, Mi Corazon Te Llama”, seu primeiro CD de músicas totalmente originais. A partir deste álbum, Contigo No Quiero Na, com Oscar Hernandez e Andy Gonzales, foi listado como uma das melhores músicas do ano pela Revista Latin Beat. Canções das Carribean Blue e Sola Naci liderou as paradas em Los Angeles, San Francisco, Miami e lugares tão distantes como a Alemanha até a Argentina.

Candi pensou que ela poderia se estabelecer em Miami, onde ela participava do “Tropigala Home of the Stars”. Mas quando Alan Geik e José Caridad Perico Hernandez, decidiu reunir Caravana Cubana para um álbum de acompanhamento para o Grammy nomeado “Late Night Sessions”, chamaram Candi de volta para Los Angeles. Candi foi trazida como um novo membro da Caravana Cubana familia, tornando-se parte do grupo exclusivo que inclui Chucho Valdez, Orlando “Maraca” Valle, Bamboleo, Pancho Quinto e Rolo Martinez. Seu álbum “Del Alma” foi lançado pela Warner Latina em 2002.

Cidade Natal

Covadonga, Cienfuegos, Cuba

Siga Candi Sosa.

Quer saber o que acontece dentro do PFC ?
Torne-se Sócio